Bolsa de Pós-Doutorado Júnior – PDJ em Geotecnia (Engenharia Civil)

28/09/2017 11:47

OPORTUNIDADE DE BOLSA CNPq
Bolsa de Pós-Doutorado Júnior – PDJ em Geotecnia (Eng. Civil)

Área de conhecimento: Engenharia Civil
Nº do processo CNPq: 406839/2017-4
Título do projeto: Simulação numérica da interação solo/geossintético em ensaios de arrancamento monotônico e cíclico: retroanálise e parametrização
Supervisor: Jefferson Lins da Silva
Unidade/Instituição: EESC / USP
Data limite para inscrições: 13/10/2017
Valor da mensalidade: R$ 4.100,00
Taxa de bancada: R$ 400,00
Período para realização: 01/11/2017 a 31/10/2018 (prorrogável +1 ano)
Localização: Av. Trabalhador São-carlense, 400 São Carlos – SP

Resumo

A oportunidade é para trabalhar no Laboratório de Geossintéticos do Departamento de Geotecnia da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, sob a supervisão do Professor Jefferson Lins da Silva.

Este projeto tem como objetivo principal a realização de modelagens computacionais 2D e 3D de ensaios de arrancamento monotônico e cíclico envolvendo solo/geossintético. As simulações numéricas serão realizadas em softwares que possibilitem análises de arrancamento, tais como MIDAS GTS TX, ROCSCIENCE, GEOSTUDIO, ABAQUS, DIANA ou FLAC.

Requisitos do candidato

Os candidatos devem ter concluído o doutorado em engenharia civil (preferencialmente em geotecnia ou engenharia de transportes) ou áreas afins há menos de 7 anos. Exige-se dedicação integral às atividades do projeto. A seleção será baseada no currículo lattes dos candidatos e no potencial de contribuição para a área do Projeto.

Inscrição

Os interessados deverão possuir currículo lattes atualizado. A manifestação de interesse deverá ser enviada até o dia 13 de outubro de 2017, por e-mail, para Jefferson Lins (jeffersonlins@gmail.com). Questionamentos podem ser direcionados para o mesmo endereço eletrônico.

Chamada de Artigos para o VII Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção

29/08/2017 15:40

 

VII Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção

Tema do CONBREPRO 2017

«Engenharia na Indústria Alimentícia»

Submissão de Artigos: 10/07 a 18/09/2017 para Sessões Temáticas e Iniciação Científica.

(Não haverá a cobrança da taxa de submissão de artigos, o envio é gratuito).

O evento acontecerá na cidade de Ponta Grossa / Paraná, dias 06 a 08 de dezembro de 2017 na UTFPR-PG – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Ponta Grossa.

 

ÁREAS TEMÁTICAS

1. INICIAÇÃO CIENTÍFICA
2. ENGENHARIA DE OPERAÇÕES E PROCESSOS DA PRODUÇÃO
2.1. Gestão de Sistemas de Produção e Operações
2.2. Planejamento, Programação e Controle da Produção
2.3. Gestão da Manutenção
2.4. Projeto de Fábrica e de Instalações Industriais: organização industrial, layout/arranjo físico
2.5. Processos Produtivos Discretos e Contínuos: procedimentos, métodos e sequências
2.6. Engenharia de Métodos
3. LOGÍSTICA
3.1. Gestão da Cadeia de Suprimentos
3.2. Gestão de Estoques
3.3. Projeto e Análise de Sistemas Logísticos
3.4. Logística Empresarial
3.5. Transporte e Distribuição Física
3.6. Logística Reversa
4. PESQUISA OPERACIONAL
4.1. Modelagem, Simulação e Otimização
4.2. Programação Matemática
4.3. Processos Decisórios
4.4. Processos Estocásticos
4.5. Teoria dos Jogos
4.6. Análise de Demanda
4.7. Inteligência Computacional
5. ENGENHARIA DA QUALIDADE
5.1. Gestão de Sistemas da Qualidade
5.2. Planejamento e Controle da Qualidade
5.3. Normalização, Auditoria e Certificação para a Qualidade
5.4. Organização Metrológica da Qualidade
5.5. Confiabilidade de Processos e Produtos
6. ENGENHARIA DO PRODUTO
6.1. Gestão do Desenvolvimento de Produto
6.2. Processo de Desenvolvimento do Produto
6.3. Planejamento e Projeto do Produto
7. ENGENHARIA ORGANIZACIONAL
7.1. Gestão Estratégica e Organizacional
7.2. Gestão de Projetos
7.3. Gestão do Desempenho Organizacional
7.4. Gestão da Informação
7.5. Redes de Empresas
7.6. Gestão da Inovação
7.7. Gestão da Tecnologia
7.8. Gestão do Conhecimento
8. ENGENHARIA ECONÔMICA
8.1. Gestão Econômica
8.2. Gestão de Custos
8.3. Gestão de Investimentos
8.4. Gestão de Riscos
9. ENGENHARIA DO TRABALHO
9.1. Projeto e Organização do Trabalho
9.2. Ergonomia
9.3. Sistemas de Gestão de Higiene e Segurança do Trabalho
9.4. Gestão de Riscos de Acidentes do Trabalho
10. ENGENHARIA DA SUSTENTABILIDADE
10.1. Gestão Ambiental
10.2. Sistemas de Gestão Ambiental e Certificação
10.3. Gestão de Recursos Naturais e Energéticos
10.4. Gestão de Efluentes e Resíduos Industriais
10.5. Produção mais Limpa e Ecoeficiência
10.6. Responsabilidade Social
10.7. Desenvolvimento Sustentável
11. EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
11.1. Estudo da Formação do Engenheiro de Produção
11.2. Estudo do Desenvolvimento e Aplicação da Pesquisa e da Extensão em Engenharia de Produção
11.3. Estudo da Ética e da Prática Profissional em Engenharia de Produção
11.4. Práticas Pedagógicas e Avaliação Processo de Ensino-Aprendizagem em Engenharia de Produção
11.5. Gestão e Avaliação de Sistemas Educacionais de Cursos de Engenharia de Produção

 

Informações: http://aprepro.org.br/conbrepro/2017

 

Comissão Executiva
contato@aprepro.org.br
Associação Paranaense de Engenharia de Produção

Convite evento Seminário de Suporte à Pesquisa

23/08/2017 16:26

A Biblioteca Universitária e o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação convidam para o I Seminário de Suporte à Pesquisa e Gestão de Dados Científicos: panorama atual e desafios.

Será realizado nos dias 18 e 19 de Setembro de 2017, tendo como objetivo reunir práticas existentes de apoio à pesquisa e gerenciamento de dados científicos e os desafios para implantação de serviços dessa natureza no Brasil.

Mais informações em: http://seminariosuportepesquisa.ufsc.br/.

Divulgação de editais internacionais para alunos de Pós-Graduação

23/08/2017 12:53

A PROPG e a SINTER lançaram o edital conjunto para alunos de mestrado e doutorado realizarem suas pesquisas em Universidades da AUGM (Associação de Universidades Grupo Montevideo). Serão 6 vagas, sendo 3 para mestrado e 3 para doutorado. As inscrições vão até 12 de setembro de 2017.

Para maiores informações, acessem: http://sinter.ufsc.br/2017/07/24/edital-conjunto-n-o-012017-programa-escala-estudiantes-de-posgrado/

O Programa de Mobilidade Be_a_Doc está com inscrições abertas até 15 de setembro de 2017 para doutorandos que queiram realizar doutorado sanduíche em universidades europeias associadas ao Grupo Coimbra.

Para maiores informações, acessem: http://sinter.ufsc.br/2017/07/20/open-calls-for-the-mobility-program-be_a_doc/

Pesquisa sobre a exploração da infraestrutura ferroviária brasileira

14/08/2017 11:22

Marcos Kleber, Consultor Legislativo na área de Transportes do Senado Federal e Mestrando em Transportes na Unb, gostaria de contar com a colaboração do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Transportes e Gestão Territorial da UFSC, por intermédio de seus professores, alunos e ex-alunos, para responder e divulgar uma pesquisa sobre a infraestrutura ferroviária brasileira, que está executando.

Essa pesquisa pretende identificar como os atores interessados avaliam o setor ferroviário brasileiro e suas alternativas de exploração.

O Estudo está hospedado no Google Docs e pode ser acessado clicando no link abaixo:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScaRAA0DpAvrbsZ8ioiL-WZFf7q6bgbNyOyyDQU3tC3rknFIg/viewform

Ou copiando e colando o link em um browser de sua preferência.

Esse levantamento faz parte de uma pesquisa em desenvolvimento no Programa de Pós-Graduação em Transportes da Universidade de Brasília, com o apoio do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Consultoria Legislativa do Senado Federal.

São 28 questões divididas em quatro blocos:
– Identificação do perfil geral do respondente
– Avaliação geral do setor ferroviário
– Avaliação quanto aos riscos inerentes à exploração ferroviária de CARGAS e de PASSAGEIROS
– Avaliação de modelos alternativos de exploração ferroviária

Destaca-se que o último bloco foca um conjunto específico de 10 ferrovias, sendo composto por 7 questões sobre os seguintes temas:
– modelo de titularidade
– modelo de exploração
– critério de outorga
– bitola
– grau de utilidade
– grau de viabilidade econômica
– grau de prioridade

Para maiores informações:

Marcos Kleber R Felix
marcoskleber@aluno.unb.br
mkleber@senado.leg.br

Desde já, agradecemos a colaboração!